quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Bipolarity.


Estranha, de todas as maneiras, sei que sou. Em um minuto estou no clamor dos céus em segundos passo direto ao fundo do precipício. Não sei bem o que penso e quando uso da melhor maneira meus neurônios, começo a pensar que estou louca. Não tenho muito o que dizer, só quero a oportunidade de ter um desabafo. O inferno em que vivo está me matando e me consumindo mais e mais a cada dia. Quero me livrar de toda essa angustia dentro meu peito que insiste em aparecer a cada recaída. Este submundo meu, é secreto e solitário e enquanto eu continuar só, dele não escaparei. E mesmo que eu sinta que enfim posso ser feliz, sei que continuarei perdida, sozinha e odiada. O mundo pode ser cruel, mas o submundo de nossas mentes é pior.

sábado, 13 de julho de 2013

Tired.

Nos ultimos dias que se passaram eu pensei seriamente que enfiim nao voltaria mais aqui, para escrever os pensamentos mais obscuros que vivem dentro de mim. Eu pensei que tudo isso tinha sumido e que novamente ia viver somente sorrindo. Mas e como dizem, quando tudo esta dando certo demais, preocupe-se. Mas eu e minha inutil mania de nao perceber quando as coisas nao estao indo bem, novamente falhou. E eu pude descobrir que ainda existe em mim esse sentimento que me coloca pra baixo, que me coloca a beira do abismo, da perdicao e que me faz ver a morte como a solucao. So a coragem me falta pra enfim largar esse mundo e partir para outro no qual imagino ser melhor. Cansada de tudo, cansada do mundo so quero sumir e arrancar essa dor do meu coracao.

domingo, 26 de maio de 2013

Afraid to close my eyes...


Nao sei porque tudo tem de ser assim, tao triste e vago. E estou cansada de mim, estou me entregando a rendição total se não fosse o medo, nesse lado do universo eu não estaria. Tudo o que  faco, tudo que digo parece errado e a cada vez que tento concertar algo, mais estrago. E tudo que quero e um pouco de paz, mas não sei onde encontrar. Como isso pode ser real? Um ser sentindo medo de viver, mas ainda mais medo de morrer, por saber que o paraíso não ira conhecer. Eu só queria poder desaparecer como num passo de magica e junto de mim ir embora todas os sentimentos. O medo me domina de um forma inescapável, que apenas eu posso sentir e não sei se posso controlar. Nao posso mais me enganar, nao posso mais me machucar. Todos aqueles que sempre amei, estão se afastando de mim e eu os vejo indo embora e tento impedir, mas são apenas tentativas ao vento. O que posso fazer se nao tenho escolhas? O medo da morte, o medo da vida, o medo de tudo, faz com que eu seja assim e afaste tudo aquilo que preciso para bem longe. Nao sei se posso aguentar,  pois já não tenho mais ninguém para me segurar.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Trash.

Ja sentiu como se TUDO desse errado pra voce sempre e que mesmo quando nao pode ficar pior, sempre piora? Entao voce sabe como e se sentir como um lixo. Quando voce sente vergonha de tudo que passa e coloca uma "mascara" por cima de tudo isso, voce la dentro continua se odiando e odiando ter que passar por isso. Voce sente que a ajuda que voce precisa, nao e aquela que todos querem te dar. Mais o medo e a vergonha de quem realmente e e de tudo que passa te domina e de sobre nada tens coragem de falar.

sábado, 22 de setembro de 2012

Hopeful.

De novo estou por aqui estou para contar sobre mais um "conto de fadas" que se decodificou e deixou de existir. E impressionante como as pessoas tem o poder de nos fazer sentir um lixo quando começamos a ver uma luz de felicidade no final do túnel. Pessoas... seres tão cruéis e assim como são conosco, com certeza para alguém nos também somos. Brigas, discórdia, falsidade, covardia, fome, miséria, porque o mundo insiste em ser assim? Seria pedir muito fazer a vontade de todos e tornar tudo melhor? Eu queria ter o poder de tirar a escuridão que vive dentro de todos e que os domina em seus momentos de raiva e tristeza, mas ja não sei fazer isso nem comigo mesma! Gritar, berrar, estapear-me, arrancar os fios de meu cabelo, machucar-me. Fico a ponto de enlouquecer quando estou nesse estado de espírito que me faz pensar em morte. E quando tudo parece perdido e aquela única pessoa capaz de te tirar desse estado que insiste em te dominar sempre, vira as costas para você, tudo parece perdido, a vida parece não fazer sentido e a única vontade que domina e a de morte... 



Mas você continua vivendo, continua tendo a droga da esperança de com ela fazer as pazes e que talvez um dia, ter seu final feliz, mas como todo ser totalmente errado continuo insistindo em estragar tudo e tudo de bom que existe desaparece e o sentimento de culpa e medo passam a dominar-te. Mas como todo idiota, continua acredita na maldita esperança de um dia alcançar a felicidade completa!

domingo, 12 de agosto de 2012

Desabafo.

Às vezes eu me sinto tão estúpida, tão incoerente comigo mesma que não sei qual o caminho a seguir. Nao sei o que devo fazer, seguir o caminho certoou mandar tudo as favas e continuar onde estou...
Estou bem aqui.Sinto-me calma, protegida, como se estivesse num porto seguro. Mas sei que isso é uma ilusão total, não existe porto seguro nenhum, mesmo porque se existir... ele não é meu. E sei que nao existe esse tal "porto seguro" para pessoas como eu!


Eu sou apenas uma farsa que caminha sobre ruas tentando ser algo bom, que jamais conseguirei ser.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

A reign of terror, a life of horror.

Hoje eu acordei e me senti diferente, eu havia cansado de ser essa farca que tenho sido. Eu tenho buscado formas de eliminar esse meu estado de espirito que insiste em me fazer se sentir mal, ofuscada pelo odio em busca apenas de coisas ruins. Esse alguem que vive dentro de mim me pertuba e me faz sentir como se eu devesse acabar com tudo aquilo que mais amo e apenas esperar sozinha, completamente sozinha...o fim da minha vida!